Lumea | A máquina de depilação por luz pulsada que todas deveriamos ter me casa

quinta-feira, julho 09, 2015


Faço depilação por luz pulsada (IPL) desde que esta forma revolucionária de eliminar pêlos apareceu em Portugal. Há muitos anos, portanto. Tive a sorte de, na altura, fazer num sítio cuja máquina de IPL era muito boa e tive resultados imediatos. Com poucas sessões eliminei praticamente os pêlos todos das pernas (só fiz 3 sessões) e os pêlos todos das axilas e virilhas (com cerca de 7 sessões, cada). Apenas fiz 2 sessões de manutenção estes anos todos (pernas e virilhas). E no meio disto passei por revoluções hormonais (gravidez, amamentação, deixar a pílula)...

Entretanto, lembro-me que houve uma altura em que se deu o boom dos centros que faziam depilação por IPL. Pareciam cogumelos. No entanto, a eficácia das máquinas não era a mesma, em todos os sítios. Pelo menos foi o que ouvi, das experiências contadas por amigas. Nalguns sítios sentiam que não estava a resultar,  noutros sim.

Agora, porque a tecnologia evoluiu, já é possível fazer depilação por luz pulsada em casa, ou em qualquer sítio onde estejamos (é uma mais valia para quem anda sempre de um lado para o outro, como eu).

Nunca tinha experimentado fazer IPL em casa, e foi numa acção da Philips que me foi dado a conhecer a nova Lumea Comfort SC1985, uma máquina portátil para fazer fotodepilação em casa (ou onde quisermos).

Esta máquina de nova geração veio substituir a anterior, apresentando-se mais duradoura, 40% mais rápida e com o dobro dos impulsos. A nova Philips Lumea Comfort é o produto mais acessível de toda a gama de depilação IPL, oferecendo um custo por tratamento por menos de 2€. Isto porque a sua lâmpada garante uma duração de mais de 200.000 flashes (ou seja, temos pela frente muitas sessões de IPL).

Tem um sensor exclusivo de tonalidade de pele, um sistema de segurança para usar no rosto e no corpo. Caso o sensor detecte que a tonalidade é demasiado escura, a emissão de disparos pára automaticamente, para evitar danos na epiderme.

Esta nova fotodepiladora está disponível em Portugal, com um PVP (aproximado) de 269,99€.

Já sei, devem estar a pensar que é muito dinheiro. Mas acreditem que não é. Quem faz fotodepilação paga por uma sessão quanto? 90 euros (3 zonas)? Mais, menos? Ou seja, o dinheiro de 3 sessões dá para pagar a máquina e ainda ter muitas sessões gratuitas pela frente, para atacarem outras zonas que talvez nem pensariam em fazer, mas com uma máquina em casa e com as sessões que quiserem pela frente, porque não eliminar os pêlos todos, mas todos mesmo?

Já experimentei a máquina e posso atestar-vos da sua eficácia. Nunca tinha feito nos braços (nunca senti essa necessidade) mas tinha de fazer a experiência numa zona com pêlos e alguns dias depois dos disparos nos braços os pêlos começaram a cair. Não cairam todos, como é óbvio, estou com peladas (como na gíria algumas técnicas referem) mas fiquei maravilhada ao ver que a máquina funcionava mesmo!

Ok, a máquina é de fácil utilização, é portátil, é eficaz mas ainda tinha duas dúvidas que tinha de ver esclarecidas.

A Dr.ª Ana Gonçalves, Cirurgiã Plástica (Reconstrutiva e Estéctica) e endorser científica para as questões de depilação de luz pulsada da Philips respondeu-me às minhas dúvidas, e desde já agradeço a sua disponibilidade:

1 – Algumas máquinas de Luz Pulsada requerem que se aplique um gel na pele. Por que com a Lumea isso não é necessário? Supostamente o gel não serve para proteger a pele?
O gel utilizado em fotodepilação profissional, serve para proteger a pele, causando arrefecimento da mesma durante os disparos de luz pulsada, evitando assim queimaduras da pele. Com o aparelho Lumea, o gel não é necessário visto a intensidade de energia transmitida pelo aparelho ser inferior aos aparelhos de uso profissional. Além disso o aparelho tem incorporado filtros especiais e sensores, que evitam o aquecimento excessivo da pele, tornando o seu uso seguro, desde que se respeitem as normas de segurança, de uso  e contra-indicações.

2 – A depilação sobre luz pulsada pode causar cancro de pele?
A depilação com luz pulsada não aumenta o risco de cancro de pele, visto que a fonte de luz emitida tem um comprimento de onda muito diferente da radiação ultravioleta, esta sim responsável por alterações celulares precursoras de cancro de pele. Deve no entanto respeitar os períodos recomendados de não exposição ao sol e cuidados após fotodepilação. A pele sensibilizada pode ficar mais sujeita a sofrer queimadura solar.



E vocês, gostariam de ver esclarecida alguma dúvida sobre este tipo de fotodepilação (em casa)? Alguma de vocês já experimentou esta máquina?

Outra coisa que a Philips garante aos consumidores (outra excelente notícia) é que podem experimentar a máquina durante 100 dias. Caso não fiquem satisfeitas com a máquina, a devolução é garantida. Mas para saberem mais sobre este assunto consultem as regras em Philips.pt. xx


You Might Also Like

2 comentários

  1. Comprei uma Lumea com esta campanha. Não vale a pena experimentarem. A máquina simplesmente não tira pelos. A devolução dentro de uma campanha da Philips para experimentar e se não gostar devolvem o dinheiro funciona mal pois só devolvem o dinheiro ao fim de 60 dias coisa que não dizia no termos da promoção. É cara e não funciona. 200€.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria João. Gostava que fosse mais específica quando diz que não tira pêlos (a máquina não tira os pêlos, eles é que caiem após 2 a 3 semanas de utilização e não caiem logo todos de uma vez). Utilizou quantos vezes? Como utilizou? É que comigo funciona. Bjs

      Eliminar

Obrigada pelos vossos comentários. xx***

Like us on Facebook

Add us on snapchat

Add us on snapchat

Subscribe