Serão de Domingo com Pipocas...

domingo, novembro 02, 2014


... ou, neste caso, com a Pipoca Mais Doce. O que eu já me ri a ler isto! Obrigada Ana. És cá das minhas (sem papas na língua).

Deixaram-me este comentário há uns dias, a propósito da minha participação na Meia Maratona, mas como ainda não tinha tido tempo para me dedicar a ele com o carinho que merece, deixei-o a marinar no veneno em que veio envolvido. Mas agora, que já está devidamente apuradinho e no ponto, posso então dar-lhe a atenção que merece. Vamos lá:


"21km?muito? E as crianças em África que têm de andar 50 ou 60 km todos os dias para ir buscar água? Se pegasses no dinheiro que gastas em carteiras e sapatos, e desses para uma boa causa como a dos pobres em África, isso sim era um grande feito. Agora correr 21km para gastar balúrdios em roupa desportiva e publicar as fotos no instagram? Isso para mim é show e vergonhoso." 

Pessoas que metem África ao barulho têm sempre a minha atenção. Sobretudo pessoas que conseguem meter SEMPRE África ao barulho, mesmo quando não tem nada a ver. Tipo "estás a comer um gelado??? Em África está tanto calor que os gelados derretem, devias ter vergonha!". Ou "Vais comprar mais um vestido? Em África as meninas não têm eventos para usar vestidos, devias ter vergonha". "ªPara que é que precisas de telemóvel? Em África as pessoas falam com dois copinhos de plástico ligados por um fio! Devias ter vergonha". Aaahhhhhhhhh, os moralismos de trazer por casa aquecem-me sempre o coração.



Pois que para esta pessoa 21 km não é nada e eu devia era estar caladinha. Sobretudo quando há crianças em África que fazem o dobro ou o triplo dessa distância para ir buscar água diariamente. Se eu tivesse feito uma ultra-maratona, daquelas de 100 km, isso ainda vá, uma pessoa fecha os olhos, agora 21 km? Isso é como ir ali a Odivelas e voltar, o que é que custa? Ainda por cima, e como se não bastasse, fui de forma voluntária, fui eu que quis, não foi uma obrigação. Peço imensa desculpa por viver num país desenvolvido e por ter condições de vida suficientes para não ter de andar 40 km a pé para ir buscar água. Peço ainda mais desculpa por correr só porque gosto, sem que haja uma necessidade básica por detrás disso. Acabaram-se as corridas só porque sim, mas que merda é esta? Ou bem que corremos para caçar javalis e garantir a nossa sobrevivência, ou mais vale ficar com o rabo gordo no sofá.

Depois de África, vem a parte do julgamento moral, que eu também aprecio bastante. E, como sempre, a indicação daquilo que eu devo fazer com o MEU dinheiro. Nomeadamente comprar menos carteiras e sapatos e dar esse dinheiro para uma causa, como "a dos pobres em África". Porque tenho a certeza que é isso que este anónimo faz. Vive de forma totalmente abnegada e em prol dos outros. Tudo o que tem é para a caridade. Excepto a mensalidade da net, claro, que isso faz-lhe falta para andar em blogs alheios a condenar quem corre e não ajuda os pobrezinhos. Foi a missão que Deus lhe deu. É uma pessoa absolutamente exemplar, não fosse este pequeno detalhe de, vá, ser parva e mesquinha. Mas é só porque tem de ser, porque alguém tem de fazer este trabalho de alertar as mentes mais consumistas e pô-las no devido lugar. Sendo que esta pessoa não faz a mínima ideia se eu ajudo ou não. Aliás, esta deve ser uma daquelas pessoas que sempre que eu anuncio uma acção de solidariedade lá vem deixar o seu comentário ao melhor estilo "olha-me esta agora a fingir que é boazinha, quem quer ajudar não precisa de vir para o blog dizer, faz em silêncio, que assim é que é bonito". 



You Might Also Like

1 comentários

  1. ahahah, bem respondido. adoro.

    http://beautyshinewoman.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigada pelos vossos comentários. xx***

Like us on Facebook

Add us on snapchat

Add us on snapchat

Subscribe